terça-feira, 20 de abril de 2010

Saiba qual a diferença entre Limpeza de pele profunda e Peeling


A Limpeza de pele profunda tem como finalidade a retirada de cravos, espinhas, milliuns e a oleosidade excessiva. A extração desses pode ser manual ou através da técnica de sucção. O procedimento mais eficaz é o que combina as duas técnicas, manual e sucção. O procedimento é o início de qualquer tratamento de estética facial, se a pele estiver acometida com cravos e espinhas. Atualmente o procedimento já faz parte da rotina de beleza de homens e mulheres. A frequência depende do tipo de pele mas em média a cada 30 ou 60 dias.

Já o peeling tem como objetivo a retirada da camada superficial da pele e a renovação celular. Ele pode ser realizado em casos de hiperqueratoses, suavização de rugas, eliminação de manchas, rejuvenescimento e para diminuir a oleosiadade. Existem os peeling físicos (ex. peeling de diamantes) que são menos invasivos e os peeling químicos (aplicação de ácidos)que promovem a descamação.

A profundidade do peeling químico vai depender do tipo de ácido aplicado e do tempo de permanência do ácido na pele. Os peelings mais profundos devem ser realizados apenas por médicos dermatologistas. Os peelings químicos realizados por esteticista apresentam uma concentração de ácido pré-determinada pela ANVISA (ex: Vulcanice).

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Prevenção envelhecimento cutâneo com Microcorrentes

É uma corrente galvânica que utiliza parâmetros de baixa frequência e intensidade na faixa dos microamperes. O plano de atuação da microcorrente é profundo, podendo atingir nível muscular, e apresenta-se com imediata atuação no plano cutâneo e subcutâneo.

O aumento da produção de ATP tende a induzir a uma verdadeira revitalização tecidual, pois acrescenta fonte extra de energia, disponível para os processos celulares, e nisso se baseia o crescente interesse no método na luta contra o envelhecimento cronológico e fotoinduzido das células.